De corrupção a constipação

Olá, meu bom leitor. Hoje é quinta e é dia de conto aqui no blog, vamos lá então ver mais uma conversa dos nossos velhinhos mais amados, Horácio e Bartolomeu. — De corrupção a constipação – Bartolomeu pare de tentar agradar esses pombos, eles não virão comer essas migalhas – disse Horácio no seu tom ríspido de sempre. Bartolomeu o olhou para o amigo com um sorriso débil  – Horácio, para de ser um velho chato. Não é possível que eles não gostem de pão com ovo. – Quem gosta de pão com ovo é gente, pombo não sente gosto Bartolomeu, […]

Continue Reading

Conto | O Trovador

Olá, meu bom leitor. Hoje vou tentar retomar a rotina do blog de postar um conto por semana. Tentarei fazer de 2017 um ano mais assíduo. Para Começar um conto que escrevi ainda na época dos dias das bruxas do ano passado, ele foi escrito a pedido do Luciano da Academia Literária DF para fazer parte do mês de terror do blog dele, preciso nem dizer que fiquei muito feliz com o convite né, espero que você goste do conto do trovador.

Continue Reading

Colecionador – Parte Dois

Olá, meu bom leitor. Estou com um monte de ideias para postar, então vamos correr atrás do tempo perdido. Continuação do conto que iniciei há um tempo aqui no blog. Para quem não leu a primeira parte, segue o link:  Parte 1 Tenha um ótimo ponto para ler! — Colecionador – Parte Dois – Não quero te deixar apreensivo ou muito menos preocupado – disse o Colecionador – mas você tem algo que eu preciso. O rapaz estava paralisado de medo e não sabia o que dizer, apenas fitava o ser desfigurado e gélido a sua frente, os relinchos que ouvia […]

Continue Reading

A Vida e o Galho

Olá meu bom leitor. Que tal um pequeno conto para hoje? Já vou logo dizendo que estou bastante enferrujado e que há tempos não escrevo contos, estou em um projeto em que estou escrevendo um livro, então já viu né?! Mais um livro para a lista dos nãos publicados XD Brincadeiras a parte, vamos voltar à antiga forma de um conto por semana e ir tocando o blog porque o propósito é sempre o de crescer! — A vida e o galho – Do que adianta ficarmos aqui sentados? Ficarmos aqui pensando na vida como se ela fosse eterna? – […]

Continue Reading

De pombos a Charlie

Olá, meu bom leitor. Hoje depois de um hiato de mais de três meses sem conseguir escrever trago um texto da maneira que gosto de expor opiniões, em forma de conto. Espero que gostem. Tenha um ótimo ponto para ler! — De pombos a Charlie – Quanta babaquice isso – disse um idoso sentado no banco da praça batendo a mão no jornal que lia e tremendo o queixo ao pronunciar – no meu tempo as coisas não eram assim. – Sempre a mesma coisa não é mesmo – disse o seu companheiro jogando migalhas de pão no chão, mas […]

Continue Reading

Sossego

Olá, meu bom leitor, Hoje fiz uma tentativa de poema ou prosa, nem sei ao certo. Tenha um ótimo ponto para ler! — Sossego Tudo por um bocado de sossego. Mas afinal de contas o que é sossego? Sossego desassossegado é ficar espreguiçado? Ou sossego descontraído é ficar estirado? Talvez um belo sossego seja observar Ficar desassossegado na mente em inércia Um punhado de nada para não ver nada passar Afinal de contas o que é sossego? É nada ou é tudo? É fazer ou procrastinar? Ou é tudo feito sem nada para fazer? Complicado esse tal bocado de sossego. Ou […]

Continue Reading

Por que não ser a Brazuca?

Olá meu bom leitor. Que tal um texto pequeno sobre a copa para descontrair um pouco? Espero que goste da leitura, é meio diferente de tudo que já postei. Tenha um ótimo ponto para ler! — Por que não ser a Brazuca? Imagine que você é uma bola de futebol, a Brazuca mais especificamente. Imagine só você redondo, aquela forma de que tanto foge indo sempre à academia. Mas imagine como seria legal ser a Brazuca, ela simplesmente é o centro das atenções. Jogadores? Que nada, o que seria deles sem uma bola para correr atrás. Seria no mínimo extremamente […]

Continue Reading