Crítica de Livro | 1808

Amo história, mas amo de verdade desde quando comecei a entender os acontecimentos do passado na escola. Sou do tipo que decora nomes e datas sem muita dificuldade e as vezes sirvo até de enciclopédia. Fiz Relações Internacionais e esse amor se aprofundou ainda mais porque as matérias que eu mais gostava eram todas relacionadas a história. Um dia vou acabar fazendo uma graduação ou pós em História só para conhecer mais detalhes do mundo e aprender com o passado.

Fiz essa declaração de amor toda para explicar porque eu amei ler 1808, livro do historiador Laurentino Gomes lançado pela Editora Planeta. Sei que a maioria das pessoas olha torto para esse tipo de livro, mas conhecer detalhes da nossa história é um privilégio que, graças a esse livro, está a disposição de todos.

1808

Com ele você vai descobrir que a vinda da família real para o Brasil era algo já planejado pela Coroa antes de 1808, vai ver que foi essa mudança de centro decisório que possibilitou a nossa independência logo depois da volta para Portugal e vai ver também que a corrupção não é algo novo no país. Os portugueses eram extremamente corruptos e trouxeram o seu pior para a Colônia já em 1530.

No geral, o livro conta com vários detalhes como foi a vinda de D. João VI e sua família para o Brasil, mas os fatos não se concentram apenas nisso. Laurentino fala sobre as transformações ocorridas após a instalação da realeza no país e narra os fatos que levaram a família real a voltar para Portugal. Para mim, confesso que é ouro puro!

Achei a narrativa fluida e de fácil compreensão, os capítulos são curtos o que evita aquele sentimento de monotonia durante a leitura, pois a descrição dos fatos não é exaustiva. Para mim, todo mundo deveria ler esse livro em algum momento da vida, pois nos ajuda a entender quem é o povo brasileiro e como surgiram muitas de nossas características.

Já estou com o 1822 e o 1889 na fila! E se você ainda não leu, sugiro que corrija esse lapso o mais rápido possível, acho que você não vai se arrepender. Mais ou menos no meio o autor começa a contar algumas coisas que, para mim, não acrescentaram muito no contexto geral, mas depois ele volta a contar coisas realmente relevantes e o livro termina tão bom quanto o começo.

Minha nota para esse livro poderia ser 10, mas pensando na diminuição do ritmo do meio da história será:

Nota: 8,9

Espero que vocês gostem tanto do livro quanto eu!

Até a próxima!

Ps.: Também me aventuro escrevendo em um blog chamado Observatório de Política, como o próprio nome já diz o tema principal é política e se você quiser conhecer um outro lado meu basta passar por lá e ler os pitacos que dou. O link está AQUI e na página de parceiros.

Você irá gostar de ler também:

5 Comentários

  1. Ai eu adorei, confesso que gosto muito de história, sempre me senti confortável nas aulas, já ouvi fala a muito tempo deste livro mais nunca cheguei a ler, quem sabe quando eu diminuir a pilha que estou aqui leia, adorei, arrarou Paula, ta de parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *