Crítica de Livro | Círculo

Olá meu bom leitor!

Há tempos não me surpreendo tanto com uma história como com a que li agora.

Essa é umas das magias que a leitura nunca vai perder: a de te surpreender de um jeito muito prazeroso. Você chega a uma livraria e compra um livro que aparentemente não vale muita coisa, mas após algumas páginas você se prende a sua história e aos personagens de uma maneira fascinante.

No início do mês comprei o livro “Círculo” escrito pelos habilidosos Mats Strandberg e Sara Bergmark Elfgren. Um livro que não tem sido tão comentado na mídia e, por esse motivo, poucas pessoas se interessam por lê-lo, o que eu não entendo.

O livro tem uma história bem elaborada, narrativa clara e objetiva, boa condução dos acontecimentos, conversas simples e claras e personagens bem caracterizados.

Post 22Na verdade os personagens foram criados seguindo estereótipos muito comuns na literatura americana: a menina popular e bonita, a inteligente com problemas sociais, a roqueira com dificuldades de se manter na sociedade sem causar problemas e por aí vai. Quando comecei a ler já senti isso e fiquei com medo de pegar mais um livro que conta mais do mesmo. Eu estava deliciosamente enganado.

Os autores conseguiram pegar esses estereótipos e encaixa-los, de maneira harmoniosa, a uma trama intrigante. As características e personalidades dos seis personagens principais, por mais que sejam clichês, foram bem empregados proporcionando uma leitura agradável e continua.

Ponto positivo que tenho que salientar: a leitura é simplesmente agradável. Te leva a momentos de apreensão por conta de alguma situação, seguidos por uma dúvida que fica no ar por causa da trama e posteriormente ansiedade para saber o que vai acontecer na próxima pagina.

Mas como bom leitor que sou não posso apenas dizer as coisas positivas, tenho que dizer o que não me agradou no texto. Como, por exemplo, a falta de experiência dos autores em manter o suspense até o final da história. Para mim “Círculo” deixou um pouco a desejar neste quesito, pois na metade do livro eu já sabia quem era o vilão e já tinha uma suspeita de quem o mataria. O que foi confirmado ao final da historia.

Os autores poderiam ter se apegado um pouco mais em deixar a narrativa mais obscura para surpreender o leitor em vez de focar em passagens que salientam os estereótipos dos personagens principais.

Tudo bem posso estar sendo um pouco exigente, mas estou acostumado a ler suspenses que te dão aquela falsa sensação de certeza para que nas últimas quinze páginas tudo dê uma volta de cento e oitenta graus e o fim é algo inimaginável.

Mas mesmo com esse desapontamento, durante a leitura é possível perceber os momentos que os dois escritores estão sintonizados, em outros percebe-se o autor e em outros a autora escrevendo e em pouquíssimos momentos, umas duas ou três vezes, certo desentendimento entre as duas pessoas que escreveram o livro. Tudo aceitável levando-se em conta que são duas pessoas, duas cabeças, duas opiniões, maturidades e experiências diferentes.

Não conheço outros trabalhos individuais deles, por isso não tem como falar quem mais se sobressai se é o Mats ou a Sara, mas uma coisa posso falar sem medo, os dois conseguem achar um meio termo quase que sobrenatural para escrever e se continuarem assim, escrevendo nesta parceria notável, teremos ainda muitos bons livros para nos deliciar.

No final das contas “Círculo” é um bom livro, recomendo para quem deseja ler algo tranquilo em um final de semana ou mesmo para aqueles que desejam ler algo que não seja o que a mídia nos empurra com tanta ferocidade.

Sinopse

“Certa noite, quando uma incomum lua vermelho-sangue preenche o céu, seis garotas vão parar em um parque de diversões abandonado, atraídas até lá por uma força misteriosa. O que elas têm em comum? Estudam em Engelsfors High School. E isso acontece logo depois que um aluno é encontrado morto no banheiro do colégio. Os boatos dizem que foi suicídio. Mas elas sabem que a verdade é outra.

Se o mal triunfar, as chamas vão engolir o mundo. Não confiem em ninguém. Nem nos pais, nem em irmãos e irmãs. Não confiem em amigos e amigas. Nem no amor de sua vida. E lembre-se: o Círculo é a resposta.”

Livro: Círculo                     Autores: Mats Strandberg e Sara Bergmark Elfgren

Páginas: 414                      Editora: Intrínseca

Capa: 9,00

Continuidade: 8,50

Personagens: 6,50

Cenários: 8,50                                                       Nota final: 8,12

História: 8,50

Narrativa: 9,00

Diálogos: 7,00

Revisão: 8,00

Tenha um ótimo ponto para ler!

Você irá gostar de ler também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *