Crítica de Livro | Extraordinário

 Olá, meu bom leitor.

Venho hoje trazer mais uma crítica literária, o livro foi o “Extraordinário” da R. J. Palacio.

Este livro em particular foi muito bem recomendado e eu tenho que confessar que quando o peguei senti um certo receio, e se eu estivesse colocando muita expectativa em cima dele?

Por sorte eu estava enganado e leitura foi encantadora.

A primeira coisa que eu tenho que falar é que a leitura é extremamente cativante, a narrativa consegue ultrapassar a capacidade de transmissão de ideias e chega a incrível capacidade de levar o leitor a vivenciar o que o Auggie vive.

E este é o ponto alto de todo o livro, a autora conseguiu com uma técnica simples de intercalação de diálogos e pensamentos com um controle absurdo cativar o leitor. Ela sabe o momento certo de parar um dialogo para encaixar um pensamento que simplesmente vai enriquecer e deixar a leitura mais intimista.

A Palacio dividiu o livro em oito partes, cada parte é narrada a partir da perspectiva de um único personagem e foi essa a grande jogada. Enquanto em uma parte um personagem toma uma atitude aparentemente grosseira na próxima parte você vai se surpreender com o que estava passando na cabeça do outro personagem.

Tecnicamente falando esta é uma técnica muito utilizada para prender a atenção do leitor e a que mais facilmente leva a leitura a um grau de aproximação quase pessoal, é como se você estivesse ao lado do personagem segurando a sua mão e o ajudando a passar por todas as más situações.

Para a proposta que a autora se propôs ela foi muito inteligente em escolher justamente esta técnica, afinal de contas o livro faz parte de uma campanha contra o bullying e voltado para o publico infanto-juvenil. Ela tinha que fazer a leitura ser a mais cativante, fácil e leve possível e foi o que ela fez.

Outro ponto positivo foi à utilização de referências da cultura pop para prender ainda mais a leitura do jovem.

Não tenho nada para falar sobre os personagens, eles foram muito bem construídos dando uma ilusão de realidade impressionante.

A parte negativa do livro fica para a parte da revisão, não sei se foi azar meu, mas o corte de algumas páginas não estava completamente feito e algumas estavam unidas e uma parte do livro simplesmente não estava acentuado e que foi um enorme erro do revisor.

Essa parte não atrapalha muito a leitura, é apenas desagradável aos olhos, mas felizmente foi a menor parte das oito.

Para finalizar a crítica recomendo a leitura de “Extraordinário” para todo aquele que deseja saber um dos vários caminhos que podemos tomar com nossas atitudes de gentileza.

Sinopse

“August (Auggie) Pullman nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo.”

Livro: Extraordinário                         Autora: R. J. Palacio

Páginas: 318                                         Editora: Intrínseca

Capa: 9,50

Continuidade: 10,00

Personagens: 10,00

Cenários: 9,00                                               Nota Final: 9,25

História: 9,50

Narrativa: 10,00

Diálogos: 10,00

Revisão: 6,50

Tenha um ótimo ponto para ler!

Você irá gostar de ler também:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *