crítica de livro | o avesso da lâmpada

olá, meu bom leitor.

hoje eu trago mais uma impressão minha de um livro de poesias, hoje vou falar sobre a minha leitura do livro “o avesso da lâmpada” de demetrios galvão. Mais uma publicação da nossa editora parceira moinhos.

tenho que começar com a minha impressão assim que iniciei este livro de poesias, eu não entendi nada e pensei que estava lendo da forma errada, então dei um tempo e recomecei a leitura posteriormente. poesia é isso, as vezes não estamos preparados, as vezes não estamos no momento certo para certas palavras, e para a minha sorte o meu momento foi na segunda vez que peguei o livro para ler.

acordar

inútil reconstruir as frases tingidas no sono
a vagarosa sombra que se desloca em cada sílaba sônica.

o facho de lu desalinha a retina,
passo turvo, cílios trôpegos.

as palavras não encontram acordo
na sintaxe sonâmbula do lençol.

 

… difícil acordar sem café.

ler os poemas de demetrios galvão, é ser transportado para questões usuais e cotidianas, é ver que o próprio conceito utilizado para o título do livro é a exemplificação de um sentimento muito presente ao decorrer dos poemas, as vezes precisamos nos ver dentro de um contraponto de um conceito criado para poder entender o que o autor diz com sua poesia, estar no avesso da lâmpada.

ii

chuva ácida nos telhados passivos
do admirável mundo novo:

um cinema decadente abre suas pernas.

aqui tenho que ser bem sincero, eu não tenho capacidade técnica para dizer se os poemas são ou não bem construídos, mas eles me agradaram ao nível que vira e mexe me recordo de algum e fico com a vontade de reler. isso se chama alcançar o leitor, e eu posso dizer com toda a certeza que você deve ler “o avesso da lâmpada” de demetrios galvão, não tenho muito mais do que falar sobre o livro, isso é poesia, e poesia acima de tudo é um experiência pessoal e intransferível. e eu posso dizer que ler esses poemas foi uma experiência única na minha vida, e que eu aconselho que faça.

com quantas sangrias se faz um poema?

com quantas enfermarias se faz um poeta?

caso você esteja se perguntando o do por que eu não estar usando letras maiúsculas, mais um motivo para você ler o livro de demetrios galvão.

livro: o avesso da lâmpada
autor: demetrios galvão
editora: moinhos
páginas: 83

nota final: 8,00*

tenha um ótimo ponto para ler!

*nota atribuída pelo geral da experiencia da leitura, sem nenhuma conotação técnica em relação a obra.

paulo souza

Você irá gostar de ler também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *